9/08/2017 4:40 pm

Governo comemora o Dia Internacional da Superdotação

DSC_8926

Professores da Educação Especial e técnicos do NAAH/S

Promover a formação de profissionais da educação do Estado do Maranhão, a fim de contribuir com a melhoria dos indicadores de identificação e atendimento educacional especializado para estudantes com Altas Habilidades/Superdotação e, consequentemente, proporcionar a elevação da qualidade de ensino dos estudantes público-alvo da Educação Especial. Com este objetivo a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por meio do Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação (NAAH/S) Joãosinho Trinta, realizou, nesta quarta-feira (9), a palestra “A Inclusão Educacional do Estudante com Altas Habilidades/Superdotação”.

O evento, que aconteceu no auditório do Palácio Henrique de La Roque, reuniu professores da rede estadual, profissionais da educação especial e educadores de alguns municípios maranhenses.

A palestra, que também é comemorativa ao dia Internacional da Superdotação, comemorado neste dia 10 de agosto, foi proferida pela gaúcha Soraia Napoleão Freitas, uma das maiores autoridades do país em Educação Especial. Doutora em Educação e Pós Doutorada em Educação Especial, representante do Ministério da Educação (MEC) e da Unesco para a Educação Especial, Soraia Napoleão destacou que um dos maiores desafios do Brasil, no processo de inclusão educacional das crianças, adolescentes e jovens com Altas Habilidades/Superdotação ainda é a falta de identificação dessas pessoas.

“O principal desafio é que eles se tornem visíveis, porque por enquanto eles estão invisíveis para a educação, como um todo. Os estudantes com Altas Habilidades/Superdotação estão nas escolas e as escolas não enxergam eles. Então, é preciso identificar essas pessoas, tirá-las da invisibilidade. Essas pessoas não precisam de uma educação diferenciada. As possibilidades e as exigências que eles têm a respeito das suas necessidades é que precisam ser ofertadas para eles. Por isso que a gente fala em enriquecimento curricular para esses alunos”, concluiu.

De acordo com a palestrante, a realidade do Brasil em relação às pessoas com Altas Habilidades/Superdotação ainda é muito pobre e o país está atrasado nas políticas públicas de atendimento a essas pessoas. Só em 2005 foi instituída a criação dos Núcleos de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação (NAAH/S).

Reconhecimento ao NAAH/S – MA

DSC_8908

Soraia Napoleão, uma das maiores autoridades do país em Educação Especial, destaca o trabalho do NAAH/S e do Maranhão em prol da superdotação

Além de realizar a palestra, a doutora Soraia Napoleão Freitas veio ao Maranhão representando o MEC em um trabalho de monitoramento da Educação Especial no estado. Ela abriu a palestra destacando e parabenizando o NAAH/S, órgão do Governo do Estado, pelo trabalho desenvolvido em prol da inclusão educacional de estudantes com Altas Habilidades/Superdotação.

“Eu conheço todos os núcleos do Brasil. E digo que aqui, vocês estão de parabéns pela estrutura e com a equipe de profissionais competentes e engajados que têm. O trabalho que vocês fazem precisa ser conhecido pelo Brasil para que sirva de exemplo. A estrutura e o trabalho que vocês fazem aqui é o que há de muito bom, para não dizer de melhor nesse país”, destacou Soraia Napoleão.

“Ter o trabalho reconhecido por uma autoridade de renome internacional, muito nos emociona. O núcleo existe no Brasil inteiro e ela dizer que estamos prontos para ser referência dentro do Brasil, é um presente muito grande que a gente ganha para o nosso estado. Em 2016 nós tínhamos 95 alunos do NAAH/S e hoje nós temos 247 alunos. A gente está conseguindo fazer esse processo de identificação nas escolas do estado, porque estamos capacitando os professores para isso. Além do mais, hoje temos uma sede própria e mais estruturado, tudo isso é muito importante para a gente e para o avanço na inclusão dessas pessoas”, ressaltou o gestor do NAAH/S, Fabiano Tajra.

Avanços nas Políticas Públicas de Inclusão Nos últimos dois anos, o Maranhão tem caminhado de forma significativa para o avanço das políticas públicas de inclusão das pessoas com deficiência e com Altas Habilidades/Supertodação. São avanços como concurso para professores da Educação Especial de 40 horas, formação continuada para educadores, reestruturação do Centro de Referência João Mohana e do NAAH/S, a substituição das salas especiais por salas de recursos, entre outros.

“Além de tudo isso, tem-se uma ampla discussão em relação as atividades que são desenvolvidas nos centros e núcleos, a integração pela inclusão, aplicação das normas para a educação especial, os investimentos em acessibilidade, também são avanços significativos”, pontuou Nádia Dutra, Secretária Adjunta de Ensino.

“Nós já temos muito a comemorar. Primeiro o governo sai da frente criando Plano Estadual Gestor de Políticas para Pessoas com Deficiência e Altas Habilidades/Superdotação. Segundo, o governo dá ao Núcleo, o Centro de referência para as Altas Habilidades, onde estão concentradas as ações em prol das pessoas com Altas Habilidades/Superdotação, que hoje, recebeu a visita com a supervisão do Ministério da Educação, que se mostrou encantada por ter encontrou no Maranhão um centro tão bem instalado, um dos melhores do Brasil”, enumerou Rosane Ferreira, Supervisora de Educação Especial.

O NAAH/S

DSC_8866

Coral do NAAH/S se apresenta na abertura do evento em comemoração ao Dia Internacional da Superdotação

O NAAH/S é organizado com salas de recursos para atendimento às necessidades educacionais especiais dos alunos, oportunizando o aprendizado específico e estimulando suas potencialidades criativas e seu senso crítico, com espaço para apoio pedagógico aos professores e orientação às famílias de alunos com altas habilidades/superdotação.

A finalidade do Núcleo é formar professores e profissionais da educação para a identificação dos alunos com Altas Habilidades/Superdotação, com vistas ao pleno desenvolvimento das potencialidades desses alunos e proporcionar informações sobre as necessidades educacionais especiais desses alunos para a comunidade escolar da rede regular de ensino.

Fonte: Seduc
Fotos: Lauro Vasconcelos

Contatos

contatos

Fones: (98) 3221-8537 | (98) 3221-8536
Email: gabinete@educacao.ma.gov.br
ascom@educacao.ma.gov.br

Ouvidoria
Fone: 0800 280 43 43

Localização

localização

Click to open larger map

Rua Conde D'Eu, n° 140, Monte Castelo, São Luis/MA - CEP 65030-330 São Luís/MA