9/09/2019 10:43 am

Maranhão tem núcleo para descobrir e incentivar alunos supertalentosos

Iasmim Louse superou o isolamento (Karlos Geromy)

Iasmim Louse superou o isolamento (Karlos Geromy)

O estudante universitário Gleuson Carlos Chaves, de 20 anos, frequenta o Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação (NAAH/S) Joãosinho Trinta desde que tinha 10 anos. “Quando cheguei aqui tinha dificuldades de relacionamento com amigos, com professores e até com minha família. Eles não me entendiam e eu não me entendia”, conta.

Agora, tudo mudou: “Hoje tenho muitos amigos e sei a importância de possuir habilidades e como usá-las para ter mais qualidade de vida”. Ele está se graduando em logística na Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

Há 13 anos, o NAAH/S, mantido pelo Governo do Maranhão por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEDUC), acolhe estudantes da rede pública com o objetivo de contribuir com o processo de identificação dos estudantes com características em altas habilidades.

Atualmente, o núcleo recebe 195 estudantes, que têm acesso a laboratórios de informática, de música, de artes e outras atividades, no contraturno.

Gleuson Chaves já tem longa trajetória no núcleo (Karlos Geromy)

Gleuson Chaves já tem longa trajetória no núcleo (Karlos Geromy)

O gestor geral do NAAH/S, Fabiano Tajra, explica que a unidade promove formação permanente de professores e profissionais da educação para a identificação dos alunos com altas habilidades.

O mais comum é que professores façam a indicação dos alunos para o núcleo. “Os professores são nossos parceiros na identificação dos estudantes com essas características. Quando chegam aqui, eles escolhem que atividade desejam desenvolver e podemos dizer com orgulho que, graças à prioridade que o Governo oferece, com políticas públicas de atenção especial à educação, este núcleo possui um conjunto de ofertas muito maior do que os demais núcleos semelhantes no país”, avalia Tajra.

Iasmim Louise, de 13 anos, começou a frequentar o NAAH/S há menos de um ano e conta que já superou a timidez e o isolamento. “Eu sempre fui muito tímida. Embora tenha entrado aqui há pouco tempo, já consegui melhorar o relacionamento social e desenvolver minhas habilidades”, conta ela enquanto pinta um quadro em óleo sobre tela.

A mãe de Iasmim, Livia Thais Sousa Conceição diz que, antes do NAAH/S, ela não entendia as habilidades especiais e a timidez da filha: “Nós achávamos que ela tinha algum tipo de problema, mas aqui descobrimos que ela apenas tem um interesse maior pelo conhecimento e estamos trabalhando isso da melhor forma aqui, tem sido muito importante”.

Reforma e portas abertas

Fabiano Tajra ajuda a identificar talentos (Handson Chagas)

Fabiano Tajra ajuda a identificar talentos (Handson Chagas)

O Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação “Joãosinho Trinta” está passando por ampla reforma para acolher estudantes de maneira mais adequada e garantir que os estudantes possam desenvolver todas as suas potencialidades. O núcleo também está promovendo encontros para ampliar a formação de professores e ajudar no reconhecimento de pessoas com altas habilidades.

Em agosto, um encontro entre gestores e professores da Rede Estadual recebeu o professor doutor em Educação Especial Silvio Carlos dos Santos, mestre em Literatura, graduado em Letras Vernáculas e Psicologia para proferir as palestras.

“Fazemos um trabalho permanente para ajudar pais, professores e gestores a identificar crianças com altas habilidades. Após esta reforma, nosso núcleo será a maior referência do país nesse tipo de atendimento”, finaliza Fabiano Tajra.

09/09/2019

Contatos

contatos

Fones:

(98) 3227-7677
(98) 3235-4674

E-mail:

gabinete@educacao.ma.gov.br
ascom@educacao.ma.gov.br

Ouvidoria
(98) 3218-2357/3212-1636
ouvidoria@educacao.ma.gov.br

Links Úteis
Localização

localização

Click to open larger map

Rua dos Pinheiros n°15, Qda n° 16, Renascença. CEP 65075-250. São Luís, Maranhão