19/02/2016 1:54 pm

1300 escolas da rede estadual participam de mobilização nacional contra Aedes aegypti

A Ministra da Igualdade Racial e Direitos Humanos, NIlma Lino Gomes, o vice-governador Carlos Brandão, secretários e autoridades na abertura da cerimônia de combate nacional ao mosquito Aedes aegypti nas escolas. Foto: Divulgação

A Ministra da Igualdade Racial e Direitos Humanos, Nilma Lino Gomes, o vice-governador Carlos Brandão, secretários e autoridades na abertura da cerimônia de combate nacional ao mosquito Aedes aegypti nas escolas. Foto: Divulgação

Na manhã desta sexta – feira (19), o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) em parceria com a Secretaria de estado da Saúde (Ses), integrou a ação nacional de mobilização e combate ao mosquito Aedes aegypti. A ação foi realizada em parceria com os Ministérios da Educação e Saúde e envolveu a realização de mobilizações em 1300 escolas de todo o estado.

A cerimônia de abertura foi realizada na praça Sete Palmeiras, na Vila Embratel. Na ocasião, estiveram presentes a ministra da Igualdade Racial e Direitos Humanos, Nilma Lino Gomes,  o vice-governador Carlos Brandão, a secretária de Educação Áurea Prazeres, o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior,  entre outras autoridades.

Também participaram da ação agentes de controle de endemias, militares da Marinha, Exército, Aeronáutica, Defesa Civil e alunos de escolas estaduais e municipais dos bairros Sá Viana e Vila Embratel.

O enfoque da ação foi conscientizar estudantes, professores, profissionais da escola e pais sobre o ciclo de vida do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika. Uma das medidas foi a capacitação alunos do Ensino Médio e professores para que estes se tornem disseminadores em suas comunidades

“A escola é o espaço de conhecimento, de consciência. Este é um ato simples mas que vai ampliar a luta contra o mosquito para a comunidade escolar”, ressaltou a secretária de educação do estado, Áurea Prazeres.

O vice-governador Carlos Brandão fez um apelo, pedindo o apoio dos estudantes. “Quero pedir a ajuda de vocês, cuidem das suas casas e deixem os agentes de controle de endemias entrar, juntos nós conseguiremos”, afirmou o vice.

A pequena estudante Kayla Sofila Pereira Lopes, de apenas seis anos, sabe o que precisa ser feito. “Não pode deixar o quintal sujo, tem que tirar pneus e a água do pratinho das plantas”, ensinou a menina.

Para a ministra da Igualdade Racial e Direitos Humanos, Nilma Lino Gomes, esse é o objetivo da ação. “A mobilização das crianças e adolescentes é fundamental, vocês têm uma grande força e a educação é uma construção coletiva. Vocês vão passar isso para as outras pessoas”,  afirmou a ministra.

Em São Luís, a programação envolveu com caminhadas no entorno das escolas da rede pública estadual de ensino, com a participação de bandas e fanfarras, carros de som e distribuição de panfletos, além de visitação de casas para identificação de possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) participou da mobilização nas escolas, realizando capacitação com os professores e diretores para que eles repassem as informações aos alunos das formas de combater a proliferação do mosquito Aedes aegypti. A SES vai disponibilizar materiais educativos, como panfletos (duas mil unidades), cartazes (800 unidades) e filipetas (9 mil unidades).

 

Publicações

Contato

Fones:
(98) 3194-7791

E-mail:

gabinete@edu.ma.gov.br
ascom@edu.ma.gov.br

Ouvidoria
0800 280 0166
(98) 3194-7721
(98) 3194-7722

www.ouvidorias.ma.gov.br

Horário de funcionamento:

Seg a Sex
08:00 às 17:00

Endereço

Rua dos Pinheiros, n.º 15, Qd. 16

Jardim São Francisco

São Luís – Maranhão

CEP: 65076-250

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Este obra está sob Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional - Portal desenvolvido pela SEATI