18/06/2016 1:03 pm

Cintra realiza mostra cultural com apresentações de danças e exposição de telas

Foto 3 Seduc exposiçao cintra LVS_2606

Estudantes fazem apresentação de danças e performances teatrais

 

“Esse projeto nos ajuda a ser melhor como pessoa, nos ajuda a descobrir que somos capazes, que temos potencialidades. E eu descobri que quero ser ator, vou correr atrás disso, porque é a minha meta”. O depoimento entusiasmado é de José Henrique Rodrigues Rosário, estudante do 9º ano do Centro Integrado Rio Anil, que realiza até segunda-feira (20), a Mostra Cultura 2016, como parte da culminância das oficinas profissionalizantes de dança, teatro e artes plásticas, realizadas com alunos do Ensino Fundamental ao Médio.

 

Na modalidade de Artes Plásticas, acontece a exposição de 32 telas, entre releitura de obras de autores consagrados, como Tarcila do Amaral, e outras de autoria dos próprios estudantes do ensino fundamental, que ficaram livres para escolher a temática de suas pinturas.

 

As oficinas de Artes Plásticas foram coordenadas por Givaldo Santos, professor de Arte, que durante três meses trabalhou com 40 estudantes na produção de desenhos e pintura em tela. “No primeiro mês eles aprenderam a desenhar de uma forma mais técnica, no segundo mês passaram para a pintura em tela. E o resultado é muito gratificante, a gente percebe que eles conseguiram assimilar as técnicas e expressar na tela o que aprenderam”, enfatizou.

 

Stefanny Pinheiro, de 14 anos, se orgulha em ter seu trabalho selecionado para a exposição. “Eu fiquei muito feliz, porque o trabalho que eu fiz está aqui exposto. E esse trabalho ajuda muito a gente a expressar os sentimentos. Foi muito bacana”, destacou.

 

Na modalidade Dança e Teatro foi apresentado o ‘Espetáculo Retalho do Brasil: o Norte e o Nordeste em Ritmo de Cordel’, que reúne várias danças típicas do norte e nordeste brasileiro. Entre as danças apresentadas estão, o Cacuriá, do Pará e as Rendeiras do Ceará. “Nós fizemos um estudo com eles, com relação às regiões que nós trabalhamos e fizemos uma viagem pela cultura do cordel e eles ficaram encantados. A gente quer levar os nossos estudantes a entender o que é a nossa cultura, conhecer o que o nosso país tem de bonito”, destacou Argênia Silva, professora de dança do Cintra.

 

O projeto existe há dez anos e tem a proposta de envolver os estudantes na pesquisa sobre a cultura brasileira, ao mesmo tempo que desperta o interesse pelas artes, estimulando o protagonismo juvenil. Além disso, são trabalhados valores como espirito de equipe, respeito ao próximo, cidadania, entre outros.

 

Vários atores que hoje atuam no teatro maranhense iniciaram a formação nas oficinas do Cintra, como é o caso de Jardeilson Dias Ramos, ex-aluno da escola. Ele agora é estudante da faculdade de Licenciatura em Teatro, na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), no tempo livre volta à antiga escola e junto com a professora, passa aos novos alunos um pouco do aprendeu. “É uma forma de devolver para a escola e estes alunos, um pouco do que eu aprendi, ao mesmo tempo que coloco em prática o que estou aperfeiçoando na UFMA”, enfatizou.

 

Iury Augusto, de 19 anos, também é ex-aluno do Cintra, e mesmo depois de ter deixado a escola no ano passado, ao concluir o Ensino Médio, se dispõe a ajudar a escola na formação dos alunos. “O conhecimento, o respeito, a cultura, o espírito de trabalho em equipe, tudo o que aprendi aqui, está sendo muito importante para minha vida. Quero compartilhar um pouco disso com estes alunos e dizer para eles aproveitarem para aprender”, disse Iury.

 

“O principal papel da educação é formar cidadãos. Mas, quando nós, também conseguimos descobrir talentos, fazer com esse talento aflore de forma natural, também estamos cumprindo o nosso papel de educador. Independente do que eles queiram ser no futuro, o importante é o conhecimento que fica. O projeto existe há dez anos e tem a proposta de envolver os estudantes na pesquisa sobre a cultura brasileira, ao mesmo tempo que desperta o interesse pelas artes”, destacou Flávio Mendes, gestor geral do Cintra.

 

 

 

Fonte: Seduc
Texto: Regina Souza

Fotos: Lauro Vasconcelos/Seduc

Contato

Fones:
(98) 3194-7791

E-mail:

gabinete@edu.ma.gov.br
ascom@edu.ma.gov.br

Ouvidoria
0800 280 0166
(98) 3194-7721
(98) 3194-7722

www.ouvidorias.ma.gov.br

Endereço

Rua dos Pinheiros, n.º 15, Qd. 16

Jardim São Francisco

São Luís – Maranhão

CEP: 65076-250

Horário de funcionamento:

Seg a Sex
08:00 às 17:00

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela SEATI