1/06/2022 4:37 pm

Educação empreendedora auxilia estudantes do IEMA Vocacional para abertura de seus negócios

Estudantes do IEMA Gastronomia observam explanação sobre empreendedorismo

Com o intuito de gerar renda, fomentando o empreendedorismo com abertura de oportunidades para melhorar a qualidade de vida dos maranhenses, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) promove o projeto Educação Empreendedora aos cursistas das Unidades Vocacionais do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), através da formação e acompanhamento técnico para abertura de seus próprios negócios. Ação que integra o Programa Mais Renda, do Governo do Estado.

Para se ter ideia, somente neste ano, 17 empresas de cursistas dos polos do IEMA Vocacional já foram formalizadas em diversos municípios maranhenses. O projeto consiste em oferecer capacitação e suporte técnico-profissional em Planejamento e Gerenciamento de negócios para Empreendedores no Maranhão.

Além de receberem todo o apoio para abertura de empresas, associações e cooperativas, os alunos ainda recebem suporte técnico-profissional durante um ano pela equipe do IEMA Vocacional, como explica o professor de empreendedorismo e contabilidade, Fábio Souza, que é coordenador do Mais Renda, na Seduc.

“Atuamos em diversas vertentes em relação ao empreendedorismo, com foco em empresas, associações e cooperativas. Dentro dessas formações e desse acompanhamento empresarial a gente tem como tripé a educação financeira, fiscal e contábil, onde o estudante aprende o que são juros, entende melhor as linhas de crédito, qual o risco financeiro está atrelado a uma negociação, entre outros; também os direcionamos para a confecção do plano de negócios. Isso contribui para o desenvolvimento do negócio desse estudante, uma vez que o mercado é cada vez mais exigente e as pessoas precisam estar preparadas para obter um bom resultado”, explicou Fábio Souza.

Israel Marreiros Silva é um dos frutos do projeto, que montou seu próprio negócio, a Marreiros Refrigeração, após a conclusão do curso técnico em refrigeração em novembro de 2021, no polo vocacional do IEMA, no Instituto Ebenézer, bairro Cidade Operária, em São Luís.

“Esse projeto fez todo o diferencial. Hoje sou uma pessoa formada, técnico em refrigeração. Passei pelo curso, tive meu certificado garantido e depois disso recebi o apoio para a formalização dos negócios, da empresa, a MEI [Microempreendedorismo Individual]. Isso me ajudou nessa parte da consultoria, eu gostei muito porque foi fundamental para mim; a gente teve chamadas de vídeos, onde tivemos todo o suporte necessário para que pudesse adentrar ao mercado de trabalho e, ao mesmo tempo, fazer uma boa prestação de serviço para a comunidade. Hoje eu tenho a minha MEI, com meu CNPJ, e agradeço às pessoas que participaram desse projeto: a Secretaria de Educação, o IEMA, o Instituto Ebenezer, meus professores. Foi muito importante para mim”, revelou Israel.

Em 2020, ano que foi criado essa frente na Seduc, por intermédio da Secretaria Adjunta de Educação Profissional e Integral, foram abertas 12 empresas; em 2021 foi um total de 21 empresas e, em 2022, 17.

Formação empreendedora

A Educação empreendedora envolve alunos e professores dos polos do IEMA Vocacional, com ações que vão desde palestras, eventos, cursos e mentorias sobre planejamento e gestão empreendedora; suporte técnico para regularização de informações sociais; suporte técnico para abertura, alteração e baixa de empresas, cooperativas e associações; suporte técnico para processos de aspectos fiscais e tributários e direcionamento para aquisição de crédito financeiro consciente.

Neste ano, o projeto atua com a formação de estudantes em três unidades vocacionais de São Luís: IEMA Dica Ferreira (Coroadinho) com 100 estudantes, IEMA Gastronomia (240) e no IEMA Rio Anil (67). Na unidade de gastronomia são oito turmas alcançadas dos cursos de Cozinha Industrial e Panificação, Confeitaria e Garçom.

“O projeto é maravilhoso, porque dá essa ferramenta para que os alunos possam se regularizar. Por exemplo, nós já temos alguns alunos do nosso curso que já vendem alguns produtos, de forma não profissional, e com essa formação vão conseguir se regularizar, emitir nota fiscal e profissionalizar ainda mais o negócio deles”, apontou o professor do curso de panificação do IEMA Gastronomia, Eleilson Fernandes da Silva.

“Trouxe mais orientações para nós, como o MEI, que a gente não sabia o que poderia nos oferecer. Agora temos o entendimento que a gente pode empreender melhor o nosso negócio e ser uma pessoa bem mais sucedida”, ressaltou Francilene dos Santos de Sousa, do curso de panificação.

“Para mim, trouxe uma perspectiva sobre empreendedorismo e é uma coisa que a gente vai poder levar para a vida”, concluiu Alan Jorge Almeida, aluno do curso de Garçom.

Mais fotos:

Fonte: Seduc
Fotos: Lauro Vasconcelos
01/06/2022

Contato

Fones:
(98) 3194-7791

E-mail:

gabinete@edu.ma.gov.br
ascom@edu.ma.gov.br

Ouvidoria
0800 280 0166
(98) 3194-7721
(98) 3194-7722

www.ouvidorias.ma.gov.br

Endereço

Rua dos Pinheiros, n.º 15, Qd. 16

Jardim São Francisco

São Luís – Maranhão

CEP: 65076-250

Horário de funcionamento:

Seg a Sex
08:00 às 17:00

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela SEATI