20/02/2016 5:52 pm

Estudantes e professores comemoram reabertura de Farol da Educação do Renascença

“Vai ser muito legal, porque a gente vai ter mais livros à disposição e também vai poder fazer oficinas. Vai ser ótimo pra gente”. O entusiasmo de Ângela Thayssa Figueiredo, de 11 anos, é muito parecido com a empolgação de tantos outros estudantes da UI Renascença, escola vizinha ao farol, agora batizado de ‘Farol de Educação Genoveva Pia’, uma referência a um dos personagens do livro ‘Tambores de São Luís’, do escritor maranhense Josué Montello.

A escolha do novo nome envolveu a comunidade escolar, por meio de ações como um trabalho de conscientização sobre a importância da obra e do autor para a literatura maranhense e brasileira. “O nome ficou muito legal. E melhor ainda é que a gente agora tem de volta o farol e vai poder fazer pesquisa, aprender muito com as oficinas”, disse Bruna Letícia Sousa Magalhães, 12 anos.

Foram quase três anos de espera pela reabertura do espaço, que foi um dos primeiros faróis de educação de São Luís. Após reforma para melhoria de toda a estrutura física, o governo garantiu, em parceria com sociedade civil, a abertura do espaço, que está sendo transformado em uma unidade de educação, cultura, informação e lazer, facilitando o acesso ao livro.

“Toda vez a gente perguntava quando ia abrir o farol. E agora, a gente vai ter mais livros, mais fonte de conhecimento, vai garantir mais aprendizado”, disse Érika Beatriz, aluna do 8º ano. Já a amiga de Érika, Ednilde Silva Azevedo, estudante do 7º ano, até já escolheu a oficina que deseja fazer no farol. “Eu já escolhi que vou fazer oficina de grafite, acho que vai ser muito bacana”, enfatizou a estudante.

Tanto entusiasmo das estudantes tem motivos. Além de retomar suas atividades, o farol vai trazer novidades, como explica a coordenadora dos Faróis de Educação, Rita Oliveira, que destacou a importância social destes espaços, na vida das comunidades. “Os Faróis têm um papel social muito grande. Aqui, durante muito tempo fizemos um trabalho em que formamos muitos leitores, a gente tinha uma rotina, uma programação de atividades que atendia a comunidade da escola e do entorno. E nesta nova fase, a gente vai continuar com estas ações: os trabalhos junto à escola, as ‘contações de histórias’, os projetos serão desenvolvidos, e vamos acrescentar a esse novo momento, atividades artísticas para que a gente possa inserir os nossos alunos num cenário mais literário, mais cultural”, destacou Rita Oliveira, Coordenadora dos Faróis da Educação.

Farol integrado à escola
De acordo com a Secretária de Estado da Educação (Seduc), Áurea Prazeres, o Farol Genoveva Pia será integrado à UI Renascença, a exemplo do que acontecerá com os outros 23 Faróis que ficam próximos à unidades escolares do Sistema Estadual de Ensino, que depois de revitalizados, serão assumidos pelas escolas do entorno. A proposta visa ressignificar a relação biblioteca farol da educação e a escola do entorno, que agora assume papel decisivo no estabelecimento de uma cultura leitora nas escolas e fortalece a proposta pedagógica escolar, que terá no farol um ambiente para práticas educativas.

A secretária de Estado de Educação, Áurea Prazeres afirmou que revitalizar os faróis, por serem bibliotecas, anexando-os à escola com o desenvolvimento de ações integradas entre a comunidade escolar e a equipe de trabalho do farol, além de fortalecer o protagonismo juvenil dos educandos contribui para a formação de cidadãos leitores.

“O Governo do estado considera a leitura primordial para a construção de conhecimento, sendo um importante instrumento de formação da visão do ser humano como ser social e crítico, e reconhece a importância desses espaços como um ambiente leitor, estimulando, assim, esta prática na comunidade escolar, por meio de mecanismos dinamizadores e prazerosos”, destaca a secretária.

Para gestores e professores da UI Renascença, a abertura do farol traz um impulso ao desenvolvimento dos projetos pedagógicos da escola. “A gente está muito feliz porque o farol esta ressuscitando. Para os nossos alunos será mais um espaço para as oficinas de leitura, de poesia, de produção textual. Será uma espécie de extensão. Os nossos alunos vão sair um pouco dos muros da escola e vão ter mais esse espaço para estarem inseridos em atividades educativas e culturais”, destacou a professora Aparecida Coutinha, diretora adjunta da UI Renascença.

“Essas atividades virão resgatar e fortalecer, por exemplo, a questão da poesia. Nós sabemos que os nossos estudantes escrevem, mas, nós precisamos também estar resgatando os estilos literários e apresentar a eles, para possam estar criando e recriando”, enfatizou Cristiane Alvares, professora de Filosofia da UI.

Publicações

Contato

Fones:
(98) 3194-7791

E-mail:

gabinete@edu.ma.gov.br
ascom@edu.ma.gov.br

Ouvidoria
0800 280 0166
(98) 3194-7721
(98) 3194-7722

www.ouvidorias.ma.gov.br

Horário de funcionamento:

Seg a Sex
08:00 às 17:00

Endereço

Rua dos Pinheiros, n.º 15, Qd. 16

Jardim São Francisco

São Luís – Maranhão

CEP: 65076-250

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Este obra está sob Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional - Portal desenvolvido pela SEATI