3/04/2020 5:42 pm

Governo mantém aulas não presenciais na Rede Estadual de Ensino

José Pedro da Silva Sousa, estudante do CE Horácio Alves de Andrade, em São Domingos do MA

Há uma semana, estudantes da Rede Pública Estadual de Ensino estão tendo aulas não presenciais com o uso de plataformas virtuais, aplicativos de videoconferência, e pela TV aberta e no rádio. Com essas ações, que seguirão por todo o período de suspensão das aulas em virtude da propagação do COVID-19, o Governo do Maranhão pretende garantir a produtividade dos professores e a aprendizagem dos estudantes para diminuir os impactos da pandemia no processo educacional da rede pública.

“Sabemos que estamos passando por tempos difíceis onde não está sendo possível termos aulas presenciais, porém, o conhecimento não pode parar. E nós, alunos, não podemos ficar prejudicados. Temos o Enem e outras avaliações nacionais. Por isso, estamos utilizando uma plataforma onde os nossos educadores disponibilizam videoaulas, atividades e se prontificam a tirar as nossas dúvidas e, ao assistirmos, podemos entrar em contato com eles, tirarmos as nossas dúvidas e resolvermos os exercícios propostos para a fixação dos alunos,” explicou Raissa de Souza Franco Barros, da 3ª série do Ensino Médio no CE Vera Lúcia, localizado no município de Fortaleza dos Nogueiras, distante cerca de 700 km de São Luís.

A realização das atividades curriculares não presenciais, nas etapas e modalidades da Educação Básica, foi regulamentada em Portaria emitida pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), atendendo a Resolução n° 94/2020 do Conselho Estadual de Educação (CEE-MA), publicada no Diário Oficial no último dia 25 de março.

“Vamos continuar promovendo o ensino e a aprendizagem não presenciais. As nossas 19 Unidades Regionais de Educação estão orientadas a auxiliarem as escolas que têm dificuldades de acesso à tecnologia e a também estimularem o uso de instrumentos pedagógicos não presencias às modalidades EJA [Educação de Jovens e Adultos], Quilombola, Campo, Indígena e Especial, fortalecendo os canais de comunicação entre escolas e as famílias. Vamos seguir mobilizados para garantir que todos permaneçam em casa. Lembrando que nas escolas onde não for possível a conectividade, os calendários serão reorganizados e mesmo aquelas que estão desenvolvendo atividades não presenciais terão reforços de seus conteúdos no período de retorno às aulas, para ninguém ser prejudicado. Os professores e estudantes terão suas férias no período normal. Fiquem em casa aprendendo”, enfatizou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

TV e Rádio

Os estudantes maranhenses também contam com videoaulas pela TV Assembleia, canal 51-2 aberto e 17 TVN, de segunda à sexta-feira, das 8h às 10h15, com os conteúdos referentes ao Ensino Fundamental e Médio. No rádio, as aulas são veiculadas pela Rádio Timbira das 16h às 18h. Todo o conteúdo também está disponível nos canais do Youtube: Governo do Maranhão, Seduc, Assembleia Legislativa do Maranhão e Rádio Timbira.

“Foi uma iniciativa muito boa da Seduc, do Estado do Maranhão, ‘pra’ gente não ser tão afetado por essa pandemia que não é nem nossa culpa, nem do Estado. Então, foi uma solução viável para que a gente possa ter o conteúdo nesses dias que estamos em casa, para que a gente possa ter o que estudar e tenho gostado muito das aulas, principalmente as de Matemática, muito boas”, concluiu Raul Ribeiro, estudante da 3º série do Ensino Médio no Centro de Cidade Operária II, em São Luís.

Fonte: Seduc
Fotos: Divulgação
03/04/2020

Contato

Fones:
(98) 3194-7791

E-mail:

gabinete@edu.ma.gov.br
ascom@edu.ma.gov.br

Ouvidoria
0800 280 0166
(98) 3194-7721
(98) 3194-7722

www.ouvidorias.ma.gov.br

Endereço

Rua dos Pinheiros, n.º 15, Qd. 16

Jardim São Francisco

São Luís – Maranhão

CEP: 65076-250

Horário de funcionamento:

Seg a Sex
08:00 às 17:00

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela SEATI