31/05/2023 2:24 pm

Governo promove debate sobre violência no ambiente escolar

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com a Secretarias de Educação (Seduc) e Segurança Pública (SSP), Defensoria Pública do Estado do Maranhão (DPE-MA) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), promoveram, nesta terça-feira (30), o “I Encontro Estadual sobre Violência no Ambiente Escolar: desafios e possibilidades para promover a cultura de paz”, realizado no auditório Fernando Falcão, da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema). 

O objetivo do evento foi dialogar e traçar estratégias para prevenção à violência e promoção da cultura de paz, por meio da identificação, conhecimento, enfrentamento e combate das situações identificadas.

A secretária-adjunta da Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde da SES, Deborah Campos da Silva, destacou a iniciativa da SES em proporcionar o debate articulado com outras políticas públicas e a sociedade civil. 

“A promoção da cultura de paz é uma estratégia que tem que ser discutida como um método de promoção da saúde e na disseminação do enfrentamento da violência, não só nas escolas, mas também na sociedade. É na escola que formamos os nossos cidadãos, podemos discutir e disseminar boas práticas”, disse.

A coordenadora do Programa Saúde na Escola, Zélia Barbosa, do município de Parnarama, destacou a relevância do encontro. “É um momento ímpar, que nós estávamos precisando. Queremos conhecer outras experiências e saber que medidas podemos adotar na nossa cidade, com os nossos adolescentes, escolas”, observou. 

O evento contou com a participação gestores de regionais de educação, professores e técnicos da saúde da área de segurança e da Defensoria Pública. 

“A violência escolar é um fenômeno da sociedade atual. Nós precisamos efetivar os instrumentos legais que já temos, como a própria Lei de Diretrizes e Bases (LDB) que vai nos ensinar a cultura de paz nas escolas. Precisamos dotar as escolas de referenciais para medidas restaurativas, que são metodologias já implementadas e comprovadas e viabilizar polos para que a gente tenha esse mecanismo de pacificação, que as medidas restaurativas ofertam dentro das escolas”, frisou o Defensor Público do Núcleo da Criança e do Adolescente, Davi Rafael Veras.

Na programação, rodas de conversa que debateram violência e legislação vigente, cenário epidemiológico da violência no Maranhão, a importância de cuidar da saúde mental e emocional do ambiente escolar, a importância da prevenção da violência, violência no ambiente escolar e redes sociais e um painel com proposições de estratégias, entre outros. 

“Esse é um tema muito importante. No âmbito da secretaria, temos discutido muito e nesse momento temos debatido mais formas de intervir nessa questão”, disse o assessor especial da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Odair José.

Participaram também do evento, a promotora de Justiça da Saúde, Gloria Mafra; o coordenador da Comissão Interinstitucional de Prevenção e Qualificação da Polícia Militar, o tenente-coronel Marcos Davi; a diretora da Escola de Saúde Pública do Maranhão (ESP/MA), Ana Lúcia Nunes, e a especialista em Educação e Proteção de Crianças e Adolescentes Contra as Violências do UNICEF, Lissandra Leite.

Contato

Fones:
(98) 3194-7791

E-mail:

gabinete@edu.ma.gov.br
ascom@edu.ma.gov.br

Ouvidoria
0800 280 0166
(98) 3194-7721
(98) 3194-7722

www.ouvidorias.ma.gov.br

Endereço

Rua dos Pinheiros, n.º 15, Qd. 16

Jardim São Francisco

São Luís – Maranhão

CEP: 65076-250

Horário de funcionamento:

Seg a Sex
08:00 às 17:00

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela SEATI