1/11/2020 12:21 pm

Leitura na quarentena é tema de concurso em escola de tempo integral

Nesta última semana de outubro, na qual se comemora ao Dia Nacional do Livro, o Centro Educa Mais Professora Maria Pinho, escola da rede pública estadual, realizou o concurso “Leitura na Quarentena”, um projeto que foi lançado no início das aulas remotas como forma de incentivar as boas práticas pedagógicas na comunidade escolar em meio ao período de suspensão das aulas presenciais, em virtude da pandemia do novo coronavírus.

A iniciativa surgiu da professora de Matemática, Sandra Eloi Ferreira, com objetivo de promover o incentivo e a prática pela leitura. De acordo com a educadora, mesmo em tempos difíceis e desafiadores, a escola procurou meios de impulsionar os jovens para que nesse tempo de pandemia eles pudessem favorecer o tempo disponível a favor e em benefícios deles. “Nós percebemos que o isolamento social poderia trazer muitos problemas psíquicos e emocionais, mas que também, os nossos alunos poderiam usar esse tempo que eles teriam a mais, a favor deles, trazendo benefícios através da leitura, e o desafio do nosso concurso proporcionou a motivação que eles precisavam para ler mais”, explicou.Para Sandra, o resultado foi animador, com mais de 60% dos estudantes participando ativamente do concurso. “Foram resultados impressionantes que são dignos de nossa homenagem como forma de incentivar as boas práticas pedagógicas. Foi possível ver a reação no rosto de cada um deles ao receber sua premiação, porque sabemos que a leitura dá asas, mas cabe a nós, como educadores, ensinar os nossos jovens a voar”, destacou.

O concurso premiou os estudantes que mais leram na pandemia. O prêmio para o primeiro lugar foi um relógio inteligente “smartwatch”, mais o troféu e medalha, para o 2º e 3º lugares, a premiação foi uma pulseira inteligente “smartband M3”, com troféus e medalhas. A premiação dos estudantes aconteceu em forma de “drive-thru”, seguindo todo o protocolo de segurança e prevenção à COVID-19. A entrega dos prêmios foi feita nas residências dos estudantes.

Estudantes premiados

A primeira colocada foi a aluna Ana Vitória Araújo de Oliveira, do turno matutino, que leu mais de 26 livros em apenas seis meses, resultando em mais de 6 mil páginas, cerca de 1000 páginas ao mês e mais de 30 páginas por dia.

“Sou apaixonada pela literatura desde a infância, mas acho que é porque meus pais são professores e sempre me deram e continuam dando livros de presente. Para mim, a literatura é que nem água, não podemos viver sem ela, e é muito importante o hábito da leitura, principalmente nesses tempo de pandemia, pois ela é essencial, porque além de aumentar o conhecimento, os livros fazem a gente aprimorar o vocabulário e a escrita e também é uma forma de poder, pois podem tirar tudo da gente menos o conhecimento”, enfatizou Ana Vitória.

Para a vencedora do segundo lugar, Gabriela Oliveira da Silva, que não esconde sua paixão pela poesia, o concurso foi muito significativo, pois a ajudou bastante e a incentivou a sair cada vez mais da sua zona de conforto. “A maneira da escola incentivar os alunos e mostrar do que nós somos capazes e remexer a nossa zona de conforto, porque a pandemia modificou muitas coisas, a forma de ensino remota e também essa questão da saúde mental e os nossos estudos em educação a distância, tudo isso foi uma novidade para todos nós e cada uma buscou se apegar em algo para conseguir suportar esse momento que não está sendo fácil, mas foi o que eu escolhi, que foi a leitura. Eu sempre me interessei muito por leitura, meus pais sempre me apoiaram muito nisso, sempre uma coisa que eu gostei. Então, esse concurso de leitura na quarentena, acredito que não beneficiou apenas a mim, mas e agradeço enormemente a escola”, comentou.

Com o resultado e boa aceitação do concurso pela comunidade escolar, professores realizarão um clube de leitura, que será aberto aos alunos e aos jovens da comunidade quando for possível. A gestora geral Marivete Batista ressalta a importância do concurso para os jovens estudantes. “Realmente foi um momento magnífico e brilhante, não tenho palavras enquanto gestora, para expressar minha felicidade e gratidão por uma equipe tão compromissada e unida, e como expressava Rubens Alves que verdadeiros professores são aqueles que educam com amor, que se tornam verdadeiros jardineiros de vida, então, só tenho a agradecer a cada um dos professores envolvidos e os alunos. São momentos como esse que digo: vale a pena fazer diferente pela educação”, concluiu.

Texto: Matheus Sthwart
Fotos: Divulgação
01/11/2020

Contato

Fones:
(98) 3194-7791

E-mail:

gabinete@edu.ma.gov.br
ascom@edu.ma.gov.br

Ouvidoria
0800 280 0166
(98) 3194-7721
(98) 3194-7722

www.ouvidorias.ma.gov.br

Endereço

Rua dos Pinheiros, n.º 15, Qd. 16

Jardim São Francisco

São Luís – Maranhão

CEP: 65076-250

Horário de funcionamento:

Seg a Sex
08:00 às 17:00

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela SEATI