17/05/2022 2:33 pm

Seduc lança Plano de Ação para o enfrentamento ao racismo nas escolas

Lançamento do Plano de Ação para o enfrentamento ao racismo nas escolas

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em parceria com Secretaria de Igualdade Racial (SEIR), e a ONG Ação Educativa e Instituto Unibanco lançou, nesta terça-feira (17), o Plano de Ação para o enfrentamento ao racismo e aplicação da metodologia específica para implementação das Leis nº 10.639/2003 e nº 11.645/2008, que tornam obrigatório o ensino de “História e Cultura Afro-Brasileira, Africana e Indígena” na Educação Básica do Brasil. As leis foram constituídas como um dos principais instrumentos de luta contra o racismo dentro do contexto escolar.

A secretária de Educação, Leuzinete Pereira da Silva, esteve presente no ato e destacou a importância de se reforçar esse debate nas escolas. “É um tema fundamental, porque temos um débito histórico com o povo negro, que além de ter sido escravizado, teve toda sua história contada pela mão do dominante, cercada de preconceito, de erros e lapsos históricos. A escola é um espaço formal e fundamental para essa discussão, para que possamos criar um novo momento, um novo modelo. A cultura negra faz parte da nossa identidade, e inserir na educação básica a história e cultura afro-brasileira, africana e indígena é nosso dever. E nossa obrigação maior construir uma sociedade antirracista, que não tolere mais atitudes que ferem a dignidade humana”, disse a secretária Leuzinete.

Para a secretária adjunta de Igualdade Racial, Socorro Guterres, disseminar práticas pedagógicas antirracistas nas escolas é importante no combate ao racismo.

“Esse momento é fundamental para que a gente possa estar discutindo e refletindo com educadores sobre as relações étnico raciais nas escolas, porque as escolas têm um papel fundamental no combate ao racismo, uma vez que contribuem com a formação de crianças, adolescentes e jovens. Precisamos sim repensar as práticas pedagógicas, os conteúdos que se trabalham na escola, de forma a valorizar a cultura afro-brasileira, africana e indígena, e de modo a respeitar a diversidade da sociedade brasileira”, afirmou.

A ação integra o Termo de Cooperação Técnica de nº 007/2020, que tem como objetivo a conjugação de esforços entre a Seduc e a Ação Educativa para a qualidade na educação e nas relações raciais na escola.

O supervisor de modalidades e diversidades educacionais da Seduc, Jocenilson Costa, reforça que esta é uma das ações de maior importância para a rede pública, uma vez que visa mobilizar e fomentar ações que combatam o racismo no espaço escolar e insiram a relação racial de maneira mais efetiva dentro do currículo, com propostas pedagógicas que orientem os professores na implementação das leis, que tornam obrigatório o ensino africano, afro-brasileiro e indígena nas escolas.

“Esse momento demonstra que a Seduc pauta as relações raciais no ambiente escolar, como uma de suas agendas prioritárias e de grande relevância, fazendo com que os estudantes se percebam dentro desse processo. Essa mobilização é extremamente necessária no combate ao racismo e na construção de políticas antirracistas que a Seduc vem desenvolvendo desde 2015, para que o currículo esteja contemplando essas pautas e essa agenda ganhe força na proposta pedagógica das escolas”, declarou Jocenilson.

O evento contou com participação de gestores e diretores das 19 Unidades Regionais de Educação do Maranhão, educadores e estudantes.

“Momento de extrema relevância que marca a entrada das unidades regionais nesse importante movimento de construir com as escolas uma nova forma de encarar o enfrentamento ao racismo. Elas vão conseguir olhar suas comunidades, dar as informações e orientações, e, sobretudo, perceber o quanto a educação é importante para que a gente possa superar o racismo e construir uma educação antirracista”, ponderou a coordenadora executiva da ONG Ação Educativa, Ednéia Gonçalves.

Lançamento do Plano de Ação para o enfrentamento ao racismo nas escolas

 

Fonte: Seduc
Fotos: Lauro Vasconcelos
17/05/2022

Publicações

Contato

Fones:
(98) 3194-7791

E-mail:

gabinete@edu.ma.gov.br
ascom@edu.ma.gov.br

Ouvidoria
0800 280 0166
(98) 3194-7721
(98) 3194-7722

www.ouvidorias.ma.gov.br

Horário de funcionamento:

Seg a Sex
08:00 às 17:00

Endereço

Rua dos Pinheiros, n.º 15, Qd. 16

Jardim São Francisco

São Luís – Maranhão

CEP: 65076-250

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Este obra está sob Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional - Portal desenvolvido pela SEATI