Serviços

Sistema de Prestação de Conta de Diária
BOTÃO FLUXOS
Ouvidoria
rh
siaep
webmail
eprocessos
portaria
edital
acesso
monitoramento
servidor

Maranhão avança na alfabetização de crianças, aponta pesquisa da ABC

O Maranhão tem avançado na alfabetização de crianças, é o que demonstra os dados referentes à avaliação de fluência leitora, que avalia o nível de leitura dos alunos, apresentados em pesquisa feita pela Associação Bem Comum (ABC), no âmbito da Parceria pela Alfabetização em Regime de Colaboração (PARC). Os dados são animadores, diante do cenário pregresso, e apontam que o Maranhão é um dos estados com grande avanço na alfabetização das crianças matriculadas no 2º Ano do Ensino Fundamental. De acordo com a pesquisa, o destaque do Maranhão ocorre, especialmente, em razão do trabalho articulado desenvolvido pelo governo do Estado em regime de colaboração com os municípios, por meio do Pacto pela Aprendizagem. No Brasil, cerca de 17 estados realizaram avaliações de fluência em 2023 – no caso do Maranhão, foram realizadas três avaliações de fluência leitora: uma diagnóstica, uma formativa e outra somativa, realizada ao final do ano letivo. As avaliações alcançaram 217 municípios, contemplando, no total, 75.297 estudantes de 5.967 escolas municipais. Segundo a avaliação de fluência leitora, aplicada ao longo de 2023, houve uma redução de 30 pontos no percentual de estudantes considerados no nível pré-leitor, que avançaram para o nível leitor, apontando uma maior apropriação dos processos de leitura pelas crianças. “Esta avaliação [da fluência leitora] é uma importante ferramenta para que possamos avaliar o nível de leitura dos alunos, mas também orientar para outras e novas ações, como políticas públicas ou mesmo avaliações formativas que possam dar suporte aos professores na escolha de estratégias pedagógicas eficientes para aplicação na sala de aula. Assim, estimulamos a alfabetização e a compreensão dos textos por parte dos nossos alunos”, ressalta o vice-governador e secretário de estado da Educação, Felipe Camarão. Outro dado importante foi a redução nas desigualdades com avanços significativos no índice de fluência leitora do território em relação ao ano de 2022, com variação percentual de estudantes leitores de 39% para 53%. “Este crescimento dos resultados de fluência em leitura em todo o território do Maranhão representa nosso êxito tanto na parceria do Governo do Estado com os municípios, como na atuação para melhoria dos indicadores e combate das desigualdades educacionais”, acrescenta Felipe Camarão. Parceria Iniciada em 2020 no Maranhão, a Parceria pela Alfabetização em Regime de Colaboração (PARC) visa melhorar a educação das crianças maranhenses, atuando para que todas as crianças sejam alfabetizadas até o final do 2º ano do Ensino Fundamental. Para 2024, a parceria conta com ações em segmentos como: Gestão e Apoio Municipal; Ciclos Formativos Estaduais e Municipais; Reconhecimento de boas práticas; dentre outros. Outro destaque é a colaboração do Governo Federal com a instituição do Compromisso Nacional Criança Alfabetizada, que fomentará a ampliação do processo formativo e a distribuição de materiais didáticos impressos aos estudantes e professores do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental.

Retrospectiva 2023: novas escolas, cursos de graduação, incentivo à pesquisa e inclusão avançam a educação estadual

Em 2023, a educação maranhense teve grandes avanços. O número de vagas foi ampliado com a construção de novas unidades de ensino e os estudantes da rede estadual destacaram-se em competições nacionais e internacionais. No ensino superior, a abertura de novos cursos de graduação fez a Universidade Estadual do Maranhão (Uema) bater recorde de inscrições. Para fortalecer as políticas educacionais, também foram feitos investimentos para garantir a permanência de alunos de baixa renda em sala de aula. Além disso, o Governo do Maranhão consolidou-se como o 2ª do país que mais investe em bolsas de mestrado e doutorado, impulsionando a pesquisa científica.

“Desde que assumimos o governo, em abril do ano passado, não paramos de entregar obras, desenvolver ações e de estar presente nas comunidades porque entendemos que nossa missão maior é cuidar das pessoas”, apontou o governador Carlos Brandão.

Ele reforçou, também, que esta estratégia implica em fazer da educação maranhense um dos importantes pilares de sua gestão, planejada para preparar os jovens para o futuro.

“Caminhamos avançando em eixos centrais para que a nossa educação seja cada vez mais forte e inclusiva, focada em um mercado de trabalho em franca expansão, ao valorizar projetos que preparam os nossos jovens para as escolhas profissionais que fizerem”, vislumbrou.

Um dos empenhos do Governo do Maranhão em 2023 foi o de garantir novas unidades de ensino, garantindo ambiente seguro, confortável, equipado e totalmente adequado para oferecer aos alunos e professores um processo de ensino-aprendizagem eficiente e atrativo.

Nesse sentido, 2023 chegou à marca de 57 Centros Educa Mais em 31 municípios. Para o ano de 2024, já estão previstos mais 88 centros de ensino que se juntarão às escolas de tempo integral, um aumento de 154%, totalizando 145 centros, chegando a mais 66 municípios. Em 2023, mais de 17 mil jovens foram beneficiados pelo modelo de ensino integral.

Ensino Superior

Na Universidade Estadual do Maranhão (Uema), o ano de 2023 vai ficar marcado pelo lançamento de quatro novos cursos de graduação, um novo mestrado e dois novos doutorados.

Entre os novos cursos de graduação estão Medicina e Meteorologia, em São Luís; Fisioterapia, em Itapecuru-Mirim; e Psicologia, em Coroatá. Novidade que impulsionou as inscrições para o Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (Paes 2024), que bateu recorde este ano com 50.426 mil candidatos inscritos em todo o Maranhão.

Na pós-graduação, os novos cursos são os de mestrado em Saúde da Família, doutorado em Ensino e doutorado em Geografia. Todos os novos cursos têm aulas previstas para começar em 2024.

Destaque em competições

Atestando a melhoria da qualidade do ensino no Maranhão, os alunos da rede estadual foram destaque em competições regionais, nacionais e internacionais em 2023.

Em abril, estudantes do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) conquistaram o pódio em todas as modalidades e o primeiro lugar em três categorias da etapa maranhense do FIRA, uma competição de robótica que tem a finalidade de classificar equipes de todo Brasil para participar anualmente da Copa do Mundo de Robótica.

Já no segundo semestre os estudantes participaram da disputa internacional, competindo no FIRA Robo World Cup, na Alemanha, alcançando o título de 2ª melhor equipe de robótica do mundo. Em novembro, as equipes maranhenses estiveram na etapa Final Nacional, em Juazeiro do Norte (CE), e ganharam medalhas nas categorias “Missão Impossível” e “Cliff Hanger”.

Os estudantes do Iema também tiveram êxito nas participações de divulgações científicas em 2023. Entre os destaques está o 3º lugar no Solve of Tomorrow Brasil com o Iema Pleno Casemiro de Abreu, de Tutóia. Durante a 20ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, 13 projetos dos Iemas foram premiados, além da 3ª Olimpíada Maranhense de Foguetes (OMAFOG).

Em competições esportivas, destacamos a vitória do aluno Brenno Frank Nascimento, do Centro de Ensino Cônego Ribamar Carvalho, nos Jogos Escolares Brasileiros 2023 (JEBs), em que foi campeão nacional de atletismo nas provas 80m e 150m rasos, torando-se o atleta mais veloz do Brasil, na categoria 14 anos.

Já nos Jogos Sul Americanos deste ano, realizados no Chile, a equipe feminina de handebol do Centro de Ensino Barbosa de Godóis foi vice-campeã.

A conquista dos alunos dos Iemas também foi evidente no esporte, com o estudante do Iema Pleno Bacelar Portela, Rykelmy Rayclan Reis Coelho, sendo o vice-campeão escolar do salto com vara e o estudante Myller Luciano Silva Ripardo, 4º melhor do Norte-Nordeste de atletismo.

Incentivo à pesquisa científica

Para impulsionar a educação e desenvolvimento científico no Maranhão, a Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) canalizou esforços significativos por meio de diversos editais, consolidando a linha de ação “Mais Qualificação” para estimular a capacitação de estudantes e pesquisadores, investindo mais de R$ 40 milhões em editais e projetos científicos. Somente na formação de novos mestres e doutores, foram investidos este ano mais de R$ 13 milhões, por meio da Fundação. Com isso, o Maranhão conquistou de forma consecutiva a segunda posição no ranking nacional de investimentos em pesquisas, especialmente no apoio a bolsas de mestrado e doutorado. Em uma cerimônia de diplomação de mérito científico, mais de 70 mestres e doutores que concluíram suas pós-graduações com bolsa da Fapema foram homenageados, demonstrando o impacto desses investimentos na formação de profissionais altamente qualificados.

O Maranhão também se destaca na região Nordeste ao oferecer um total de 88 programas de pós-graduação em nove amplas áreas do conhecimento. Além disso, o estado registrou um crescimento de 125% em seus programas de mestrado, conforme dados da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), reforçando o compromisso com a excelência acadêmica.

Apoio aos estudantes

Além de entregar novas unidades de ensino, lançar novos cursos, ampliar o número de vagas e incentivar a pesquisa científica, o Governo do Maranhão também garantiu apoio para que alunos de baixa renda permaneçam em sala de aula. Entre estas iniciativas está o Programa Cartão Transporte Universitário, da Secretaria de Estado da Juventude (Seejuv).

Na edição 2023, o programa beneficiou 5 mil estudantes. Uma das inovações desta edição do Transporte Universitário é a criação de um edital específico para estudantes do ensino médio e superior na Grande Ilha, que disponibilizou 2 mil vagas, com auxílio no valor de R$ 400,00 para estudantes desses níveis de ensino.

O programa atingiu ao todo 166 municípios dentro do estado, reforçando o compromisso em promover o acesso à educação e combater a evasão escolar, contribuindo significativamente para facilitar o deslocamento dos estudantes, tornando o acesso à educação mais acessível e inclusivo.

Seletivos e Concursos
Educação Ambiental 2023
Plataforma Gonçalves Dias Atualizado
Projeto Emaranhando Vidas
Temas Socioeducacionais
Núcleos de Educação Especial
SEAMA
Pacto pela alfabetização
Mais Gestão

Contato

Fones:
(98) 3194-7791

E-mail:

gabinete@edu.ma.gov.br
ascom@edu.ma.gov.br

Ouvidoria
0800 280 0166
(98) 3194-7721
(98) 3194-7722

www.ouvidorias.ma.gov.br

Endereço

Rua dos Pinheiros, n.º 15, Qd. 16

Jardim São Francisco

São Luís – Maranhão

CEP: 65076-250

Horário de funcionamento:

Seg a Sex
08:00 às 17:00

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO - Portal desenvolvido e hospedado pela SEATI