Serviços

Sistema de Prestação de Conta de Diária
BOTÃO SISTEMA DE REMOÇÃO
BOTÃO FLUXOS
Ouvidoria
rh
siaep
webmail
eprocessos
aluno
portaria
edital
acesso
monitoramento
servidor
Mapeamento do Professor

Seduc divulga resultado do concurso Minha Escola App

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) divulgou nesta quarta-feira (15) o resultado do concurso “Minha Escola Protagonista”, promovido pelo Governo do Maranhão, por meio da referida secretaria, com o intuito de estimular o protagonismo estudantil na Rede Pública Estadual de Ensino.

O concurso, destinado às escolas que possuem Grêmio Estudantil ativo e registrado junto à Seduc, teve por objetivo fomentar a reflexão dos jovens em torno de pautas como alimentação escolar, gestão, didática docente e infraestrutura, aonde, por meio do aplicativo “Minha EscolaApp”, disponível para o sistema operacional Android, os estudantes puderam avaliar a sua escola.

O principal critério para a premiação foi que o percentual de downloads e de avaliações, no prazo estabelecido conforme regulamento do concurso.

As escolas premiadas receberão, via caixa escolar, R$ 3.000,00 (três) mil reais, recurso que será administrado colaborativamente entre gestão escolar e grêmio estudantil, ressaltando que os repasses respeitarão o disposto no art. 3º da Resolução nº01/2009 que trata sobre a adimplência das caixas escolares. Devido à legislação eleitoral vigente, os repassas às escolas premiadas será realizado findado este processo.

Confira o resultado aqui.

Fonte: Seduc 15/08/2018

“É o poder nas mãos da comunidade”, diz Flávio Dino em lançamento do Minha EscolApp

05251_governador_flavio_dino_no_lancamento_do_minha_escolapp_4_5359137265258113185-1024x678

Governador Flávio Dino no lançamento do Minha EscolApp. (Foto: Nael Reis)

Com poucos toques na tela do celular, estudantes da rede estadual de todos os municípios do Maranhão podem ter acesso a informações de suas escolas e registrar opiniões e sugestões junto à Secretaria de Estado da Educação. A tecnologia foi disponibilizada com o lançamento do aplicativo Minha EscolApp, realizado nesta segunda-feira (09).

“Estamos deslocando o poder das nossas mãos e colocando nas mãos da comunidade escolar, isso se chama democratização”, afirmou o governador Flávio Dino. Ele também destacou outras iniciativas, como a realização das eleições para gestor escolar.

“Eu poderia ter escolhido 1.200 gestores, que era um poder que a lei me dava. Mudamos a lei para colocar o poder nas mãos daquelas pessoas que têm capacidade de exercer isso melhor, nesse caso, que são os professores, estudantes, pais e funcionários das escolas”, completou.

Com a ferramenta, os estudantes podem acessar desde suas notas e horários de aulas até realizarem avaliações sobre a infraestrutura da escola, professores e acompanhar a movimentação do caixa escolar.

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, ressaltou a mudança que tem sido realizada na educação estadual: “Temos transformado a educação com quase 700 escolas reestruturadas com o Escola Digna. E com esse novo aplicativo, teremos um canal direto com os estudantes”.

Elieser Henrique da Silva Sousa tem 17 anos e é estudante do 2° ano do Ensino Médio da escola Bernardo Coelho de Almeida. Recentemente, o estudante viveu a experiência de parlamentar por uma semana, um projeto da Câmara dos Deputados, e resumiu o que o aplicativo representa: “Aí se vê a democracia em si, porque agora a gente pode ver onde o dinheiro está indo, onde está sendo investido, e, se não, o porquê disso. É um passo gigante para a democracia”.

Gestora de uma unidade que já conta com a participação dos estudantes nas decisões, a professora Kalyanne Moura Fontenele também apoia a iniciativa. “É mais um ponto proativo na transparência da gestão da escola; e o aluno pode ajudar dizendo o que é prioridade nas decisões. E quando elas não puderem ser aplicadas, será útil até para explicar por que não foram”, afirmou.

O aplicativo é gratuito e está disponível para aparelhos smartphone com sistema operacional Android.

Em Barreirinhas, Governo entrega Escola Digna no povoado Sobradinho

Os jovens do povoado Sobradinho, em Barreirinhas, só tinham duas opções para continuar os estudos, ou iam para a sede do município, que fica a 8 km de distância, ou estudavam em outro povoado, que também era longe. Essa realidade mudou na última quinta-feira (28), quando o governador Flávio Dino entregou à comunidade de Barreirinhas uma Escola Digna, o Centro de Ensino Plínio Portugal.

Alunos do Centro de Ensino Plínio Portugal comemoram com o governador Flávio Dino a entrega da Escola Digna

Alunos do Centro de Ensino Plínio Portugal comemoram com o governador Flávio Dino a entrega da Escola Digna

Para o governador, o Programa Escola Digna, que é o maior programa de educação sendo executado hoje no Brasil, e o maior já executado no Maranhão, significa a busca constante por igualdade e justiça social. “O nosso governo busca constantemente a igualdade de direitos, de chances e oportunidades. O meu desejo é que esses jovens lutem por aquilo que acreditam, que lutem por seus objetivos e que nós possamos viver em uma sociedade em paz, para isso nós precisamos ter justiça social e é isso que nós estamos praticando através do programa Escola Digna”, ressaltou o governador Flávio Dino

A escola foi entregue completamente equipada com seis salas de aula, sala de informática, biblioteca, sala de jogos dentre outros espaços, o investimento foi de R$ 1.722.564,27. Estiveram presentes na cerimônia de inauguração, o governador Flávio Dino, os deputados federais Weverton Rocha e Eliziane Gama, além do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto; a secretária de Estado da Mulher, Terezinha Fernandes; e o secretário adjunto da Seduc, Daniel Carvalho.

Para o jovem estudante Roniere Conceição, de 18 anos, morador do povoado Olho d’Água dos Pereiras, o Centro de Ensino Plínio Portugal veio para melhorar os seus estudos. “Eu achei essa escola muito bonita e grande, com salas e carteiras boas. Eu espero que todos os que vierem estudar aqui possam aprender mais e se esforçar. Aqui tem sala para a gente poder aprender mais e ser alguém na vida”, afirmou Roniere.

Já para a Marina Cardoso Silva, de 19 anos, que sonha em ser policial, a nova escola se tornou um instrumento para ela conseguir alcançar os seus sonhos e objetivos. “A escola é muito grande, e o que eu mais gostei foi da sala de informática. Com essa escola eu vou aprender muito mais do que eu aprendia antes na minha antiga escola. Meu sonho é ser policial e eu vou correr muito atrás disso”, declarou a jovem Marina.   Fonte: Seduc Texto: Nayara Vieira Fotos: Antônio Martins 29/06/2018

Governo premiará escolas para incentivar o protagonismo estudantil

Com o objetivo de estimular o protagonismo estudantil na Rede Pública Estadual de Ensino, o Governo do Estado do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), promoverá o concurso “Minha Escola Protagonista”, destinado a unidades de ensino que possuam grêmio estudantil ativo e cadastrado no órgão.

Serão premiadas as escolas que alcançarem no mínimo 25% de download do aplicativo “Minha EscolaApp”, disponível para o sistema operacional Android, no qual os estudantes têm acesso a diversas informações como: notas, recursos para a escola, nota do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), avaliar a merenda, as aulas, infraestrutura, didática, dar sugestões de como melhorar a escola e receber todas as informações sobre os projetos de interesse do estudante.

De acordo com o edital, disponível em educacao.ma.gov.br, a porcentagem de downloads deverá ser proporcional ao número total de alunos matriculados na respectiva escola, tendo como referência o SIAEP (Sistema de Administração das Escolas) e os alunos deverão avaliar a escola na área “Avalie sua escola”.

Inscrições

As inscrições podem ser realizadas até 15 de julho. Para participar, a escola deverá se inscrever por meio de formulário disponível no endereço eletrônico da Seduc e enviar para: minhaescolaprotagonista@gmail.com.

O resultado do Concurso “Minha Escola Protagonista será divulgado no site da Seduc, a partir de 25 de julho de 2018. As escolas premiadas receberão o valor de R$ 3 mil, via caixa escolar. A aplicação deste recurso será definida pelo Grêmio Estudantil.

Confira o Edital

Ficha de Inscrição

Fonte: Seduc Fotos/Antônio Martins 15/06/2018

Alunos que antes andavam 30 minutos para ir à escola, recebem Escola Digna perto de casa em Tutóia

Secretário adjunto, Anderson Lindoso, fala do compromisso e investimento do governo Flávio Dino, com um futuro melhor

Secretário adjunto, Anderson Lindoso, fala do compromisso e investimento do governo Flávio Dino, com um futuro melhor

“Tenho três netos e uma bisneta que iam andando debaixo de sol e de chuva para poder assistir aula. Era uma rotina muito difícil, quem tinha moto levava seus filhos de moto, quem não tinha ia andando mesmo”, conta emocionada a dona de casa Maria Anália, moradora do povoado Boa Hora, em Tutóia.

Dificuldade agora superada com a entrega, no último sábado (28), pelo Governo do Estado, do novo equipamento escolar da Unidade Integrada Domingos Constantino de Caldas.

Fachada da nova escola Unidade Integrada Domingos Constantino de Caldas, em Boa Hora, Tutóia

Fachada da nova escola Unidade Integrada Domingos Constantino de Caldas, em Boa Hora, Tutóia

A nova unidade escolar, construída com investimentos da ordem de mais de R$ 510 mil, dá continuidade às ações do Programa Escola Digna, e atenderá 74 estudantes do Povoado de Boa Hora que tinham a rotina diária de ir andando até a escola mais próxima, localizada a 3 quilômetros do povoado, no vilarejo Surrão, para assistir aulas na única escola que atendia às duas comunidades.

A U. I. Domingos Constantino de Caldas conta com 4 salas, cozinha, banheiros, pátio e setor administrativo, além de mobiliário novo, adequada à prática do ensino e  da aprendizagem.

Patrícia da Silva, 12 anos, conta que para chegar à escola mais próxima era preciso caminhar mais de uma hora, debaixo do sol ou da chuva, e a falta de estrutura adequada prejudicava o aprendizado dos estudantes dos dois povoados. Agora, com a escola mais próxima de casa, o aprendizado será mais proveitoso e melhor.

“Íamos todos caminhando, saíamos de casa banhados e chegávamos suados na escola. A escola ser perto de casa me traz alegria. O governador olhou por nós, fico feliz por isso. Agradeço por ele ter feito um colégio aqui no Boa Hora”, afirma a estudante.

10014_whatsapp_image_2018_04_28_at_14.02.02_8837978038751194503A cerimônia de inauguração contou com a presença do prefeito Romildo Damasceno Soares, do secretário adjunto de Suporte ao Sistema Educacional da Seduc, Anderson Lindoso, autoridades locais, população de Boa Hora e povoados vizinhos.

“O governo do estado está se sensibilizando a favor da educação dos maranhenses e construindo escolas maravilhosas como esta. Quero agradecer o governador Flávio Dino que tem compromisso com a educação e com os municípios. Essa escola é muito importante para toda a região, nós só temos a agradecer”, afirmou o prefeito Romildo Damasceno Soares.

Para o secretário adjunto da Seduc, Anderson Lindoso, é a 5ª Escola Digna entregue, somente na última semana, e significa o compromisso e investimento do governo Flávio Dino, com um futuro melhor.

“Mais uma Escola Digna entregue, agora aqui no povoado Boa Hora, em Tutóia. A população está recebendo esse presente com toda essa alegria. O Governo Flávio Dino investe em esperança e no futuro do Maranhão, que são essas crianças e jovens. Antes não tinha e agora tem escola digna em Boa Hora. Viva Tutóia, Viva Boa Hora, Viva o Maranhão!”, ressaltou Anderson Lindoso.

Com a inauguração em Tutóia, o governo chega à marca de 26 Escolas Dignas entregues à população maranhense, em menos de dois meses, incluindo prédios novos, reconstruídos e reformados. Além de 15 Faróis do Saber inaugurados em diversas regiões do Estado.

População do povoado Boa Hora, em Tutóia, prestigia inauguração de escola digna

População do povoado Boa Hora, em Tutóia, prestigia inauguração de escola digna

Fonte: Seduc Texto: Nayara Vieira Fotos: Cinaldo Oliveira 29/04/2018

“O Helena Antipoff é a continuação da minha família”, afirma a mãe de aluno do Centro de Ensino de Educação Especial

O Centro de Ensino de Educação Especial Helena Antipoff completou 36 anos de existência

O Centro de Ensino de Educação Especial Helena Antipoff, que oferece atendimento educacional especializado às pessoas com Deficiência Intelectual, Síndromes e Deficiência Múltipla para alunos a partir de 14 anos, e é referência na inclusão de alunos especiais ao mercado de trabalho, completou, nesta segunda-feira (23), 36 anos de existência.

Com 152 alunos e funcionando em dois turnos, o CEEE Helena Antipoff, em 5 anos, conseguiu incluir no mercado de trabalho 347 alunos, através das vinte e nove empresas parceiras.

“A principal missão do Helena é incluir esses alunos para que eles tenham um trabalho digno e exerçam as mais diferentes funções nas empresas. Muitas vezes isso foi negado a eles, ter um trabalho, um ofício e o objetivo do Helena é preparar esses alunos para o mercado de trabalho”, ressaltou a gestora geral Tereza Cristina Maciel Bastos.

Para comemorar as mais de três décadas de serviços prestados à sociedade maranhense, foi realizado no Centro de Ensino a palestra “A Valorização do Educador e da Família do Aluno Especial”, ministrada pela professora Thelma Chahini, pós-doutora em Educação Especial pela Universidade Federal São Carlos e doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista, além de leitura de poema feito pela equipe gestora para a comunidade escolar.

Professores, pais e alunos assistem a palestra da professora Thelma Chahini

Professores, pais e alunos assistem a palestra da professora Thelma Chahini

“Eu posso dizer que o Helena tem cumprido muito essa função social e também a função educacional de inserção da pessoa com deficiência no mercado de trabalho e o acompanhamento que certamente eles dão à própria família. Que os educadores acreditem que são profissionais capacitados para desenvolver sempre um trabalho de qualidade e que continuem abraçando essa causa. É cada vez mais necessário que as pessoas com deficiência estejam incluídas no processo educacional, social e profissional, então os Centros, como o Helena Antipoff, são de grande relevância no contexto da educação inclusiva e da educação especial no estado do Maranhão”, afirmou a professora Thelma.

Para a professora da sala de Escolaridade, Izoldiléa Nogueira, encontrar o aluno no mercado de trabalho é uma enorme satisfação e felicidade. “Quando a gente vai em algum local que encontra esses alunos trabalhando é uma emoção indescritível. Eu sinto muito orgulho de saber que ele está ali, que a gente pôde contribuir nesse processo, é muito gratificante”, disse a professora do CEEE Helena Antipoff, que atua no Centro há dois anos.

A Maria Luísa Arruda é mãe do Rômulo Arruda, de 28 anos, que estuda há 6 anos do Helena Antipoff e fica muito feliz ao ver a evolução diária do seu filho. “O Helena Antipoff é a continuação da minha família. O Rômulo se sente tão bem aqui, ele ama essa escola e já aprendeu muitas coisas. Aqui em São Luís é muito difícil. Nós, mães, sofremos muito com o aprendizado dos nossos filhos, então, essa escola e esses professores abraçam os nossos filhos com toda paciência. Eu só tenho que parabenizar o Helena Antipoff pelos 36 anos de existência, a equipe toda está de parabéns”, finalizou a mãe.

Fonte: Seduc Texto: Nayara Vieira Foto: Divulgação 23/04/2018  

“A escola digna e o poço nos deram a maior alegria que já tivemos”, diz morada de São Raimundo do Doca Bezerra

Dona Maria Antônia Silva Chagas chegou ao povoado Centro do Chiquinho, no município de São Raimundo do Doca Bezerra, aos 7 anos de idade. Hoje, aos 56 anos, ela viu se concretizar o sonho de ter uma escola para os netos e a água em casa. “Se eu morrer hoje, vou feliz porque meus netos e bisnetos têm onde estudar e água para tomar banho e beber. Só tenho a agradecer porque tivemos o privilégio desse benefício tão grande”, revelou com os olhos marejados.

Nove netos de dona Maria Antônia estudarão na escola digna, como é o caso de Lucas Santos Chaves Araújo, que contou como era o antigo barraco de taipa que frequentava. “Uma vez a janela caiu na cabeça do colega. A água fedia muito. Quando chovia molhava nossos cadernos”, relatou. “Agora a gente tem uma escola dessas. Aqui vou realizar meu sonho de ser doutor”, arrematou.

A Escola Municipal São Raimundo foi construída pelo Programa Escola Digna com investimento da ordem de R$ 388.595,87 e entregue totalmente equipada, com duas salas de aula, pátio, banheiros acessíveis e cozinha montada para preparar a alimentação dos estudantes.

Fachada da nova Escola Municipal São Raimundo, em São Raimundo do Doca Bezerra

Fachada da nova Escola Municipal São Raimundo, em São Raimundo do Doca Bezerra

“Eu fazia o lanche em casa e trazia para cá num garrafão para os meninos. Hoje, vendo uma cozinha com freezer, geladeira, fogão e as panelas, me sinto orgulhosa de ver tudo aqui”, ressaltou Marileide Ribeiro Pinto, merendeira da escola.

A localidade também recebeu um poço que fará o abastecimento de água da escola e de 14 residências. “A gente comprava água. Era uma dificuldade tamanha. Agora tenho água dentro de casa. Uma felicidade para a minha família”, comentou dona Maria Antônia.

“O governador Flávio Dino fez um compromisso com a melhoria da qualidade de vida do povo do Maranhão. Só nesta semana foram oito equipamentos educacionais entregues em diferentes regiões do estado. É um volume de obras que nunca houve antes no Maranhão. E o trabalho continua nas próximas semanas com mais entregas”, enfatizou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Mais IDH

São Raimundo do Doca Bezerra é um dos 30 municípios incluídos no Plano Mais IDH, que visa combater a pobreza e desigualdade social, revertendo indicadores sociais. Além da Escola Digna, o município conta com ações da Jornada de Alfabetização ‘Sim, eu Posso!’, Programa de regularização do Fluxo Escolar (Avança), ações de fortalecimento da Agricultura Familiar, construção de casas, dentre outras ações.

“Este é mais um dos presentes do governador Flávio Dino ao nosso município. Um sonho realizado. A escola agora é um espaço adequado para os alunos e professores”, destacou o prefeito da cidade, Seliton Miranda de Melo.

Fonte: Seduc Foto: Lauro Vasconcelos 13/04/2018

Escola Digna muda vida de quase 1.400 estudantes em Turiaçu

“Esta escola tinha fama de ter um péssimo ensino, porque tinha as paredes sujas, diziam que os alunos bagunçavam tudo. Mas, na verdade, faltava estrutura. Agora, nós temos uma escola bonita, que faz com que a gente se sinta bem e feliz. E a gente tem que manter, porque muitos alunos no Brasil não têm uma escola como esta”. O depoimento é da estudante Mayane da Silva Rocha, aluna do 1º ano do Centro de Ensino Dr. Paulo Ramos, uma das quatro escolas entregues pelo Governo do Estado na cidade de Turiaçu, na Baixada Maranhense, nesta quinta-feira (12).

Fachada do CE Dr Paulo Ramos, reformado pelo governo após 25 anos de espera

Fachada do CE Dr Paulo Ramos, reformado pelo governo após 25 anos de espera

O Centro de Ensino Dr. Paulo Ramos, que fica na sede do município, foi entregue totalmente reformado depois de 25 anos de espera. Durante a solenidade, o secretário Felipe Camarão representou o governador Flávio Dino e destacou a importância dos investimentos na educação, que tem mudado a realidade de milhares de maranhenses. A obra recebeu investimento de R$ 737.657,40, que garantiram serviços de pintura geral, revestimento, troca de telhado, instalação de forro, substituição de piso, portas, janelas, além da melhoria dos sistemas hidráulico e elétrico. Foi instalada uma subestação de energia para garantir a climatização das 10 salas de aula, que estão recebendo aparelhos de ar condicionado, além de ventiladores novos.

Também foi perfurado um poço artesiano e reconstruída a biblioteca escolar, além da reforma da quadra que vai garantir aos alunos a prática esportiva e de lazer. A escola recebeu, ainda, 400 kits de carteiras, geladeira e fogão novos, além de 10 computadores que já foram instalados no laboratório de informática. A ação está beneficiando 1.022 estudantes nos três turnos. “Esta reforma representa muito para a gente. Eu sempre estudei no Paulo Ramos e hoje tenho a felicidade de dizer que tenho uma escola que me orgulha. Eu vejo uma escola com tudo novo”, disse a estudante Karlele da Silva e Silva, aluna do 3º ano. “A nossa escola não tinha qualidade, o teto estava quase desabando. Quando entrei na escola, depois da reforma, senti alegria e felicidade, por poder lecionar em uma escola de qualidade, sem privações. Muito obrigada ao nosso governador Flávio Dino e ao Felipe Camarão”, disse a professora Edilete Ribeiro, de Língua Portuguesa, que trabalha na escola há 21 anos. “Antes da reforma a nossa escola realmente estava crítica, todas as paredes manchadas, riscadas, lajotas saindo, nós não tínhamos água, o telhado sempre gotejando, cadeiras velhas, quadro ainda de giz, e que de fato não funcionavam, porque eram cheios de buracos. Os professores não tinham condições de trabalhar, e hoje nós temos uma escola bem melhor, uma escola reformada, em que podemos de fato trabalhar bem melhor. Não tínhamos também água, nós comprávamos água, e a escola com a reforma ganhou um poço artesiano, uma biblioteca bem maior, mais uma sala de aula, quadra reformada e que futuramente será coberta. Muda bastante coisa, hoje nós trabalhamos com certeza mais empenhados, em prol da aprendizagem dos nossos alunos, porque temos hoje mais condições de trabalhar”, afirmou Eliel Ribeiro, que é gestor da escola. Escola Quilombola reconstruída Em Jamari dos Pretos, a 40 quilômetros da sede, a comunidade celebrou a entrega do Centro de Formação Quilombola da Alternância Raimundo Sousa. A escola construída em 2008 apresentava vários problemas na estrutura física, principalmente no telhado que ameaçava desabar, mesmo depois de uma intervenção feita em 2014. Com investimento de R$ 810 mil, foi realizada uma ampla reconstrução com reestruturação do telhado, pintura geral, recuperação das instalações hidráulica e elétrica, além da construção de uma lavanderia. A obra está beneficiando filhos de agricultores que estudam no sistema de alternância com base na pedagogia de Educação do Campo, onde os alunos passam 15 dias na escola em regime de internato e 15 dias em casa aplicando o que aprenderam na escola. “Essa reforma representa uma nova vida para nossos alunos, porque eles sempre estudaram em escolas improvisadas. Quando eles reivindicavam uma escola de qualidade, eles diziam que, por serem lavradores, queriam uma escola digna. E com a reforma e ampliação, é uma nova caminhada e uma oportunidade de terminar o Ensino Médio na comunidade”, disse a gestora da escola, Lindionora Ribeiro. “Essa escola tem muita importância para a nossa comunidade. Meus filhos ajudaram na construção, as minhas filhas estudaram aqui, e depois serão os filhos delas. Eu só tenho que agradecer a Deus pela vida e pelo trabalho que o governador vem fazendo para melhorar a nossa escola”, disse Josina da Silva, moradora de Jamari dos Pretos. “A escola de Jamari era um anexo, assim como as outras escolas quilombolas. Agora nós temos uma escola recuperada e independente, com uma pedagogia voltada para a Educação Quilombola. Isso é parte de uma política de transformação, que busca um Maranhão diferente, com inclusão e justiça social”, destacou o secretário de Igualdade Racial, Gerson Pinheiro. Escolas Municipais substituídas por prédios novos e dignos Ainda em Turiaçu, por meio do Programa Escola Digna, o governo investiu cerca de R$ 900 mil, para substituir estruturas inadequadas por prédios de alvenaria. E assim, construiu e entregou as Escolas Municipais Tauá, no povoado Tauá, e Professor Raimundo Cardoso, no povoado Santo Antônio, beneficiando quase 300 estudantes com ambientes mais dignos e acolhedores. Verdadeiras festas foram organizadas pelas comunidades de Tauá e Santo Antônio, repletas de apresentações culturais e folclóricas, como forma de agradecimento ao governador Flávio Dino pelos novos espaços escolares que levam dignidade aos moradores desses povoados. No povoado Tauá, o novo prédio possui quatro salas de aulas, secretaria, cantina, banheiros, dentre outros espaços e substituiu três estruturas improvisadas em casas e associação de moradores, onde estudavam 168 estudantes. “A nossa escola velha não tinha nada. Era tudo feio. A escola nova ficou bonita. Tem carteira nova, quadro, ventilador, janela de vidro. Eu fiquei feliz”, disse o estudante Joilson dos Santos, de 10 anos, tomado de alegria e contentamento. Além da escola, a comunidade recebeu dois poços artesianos, com mais de mil metros de rede, levando água encanada e qualidade para mais de 90 famílias. “Durante muito tempo aqui não tinha nem uma casinha para se estudar. Por isso eu não avancei nos meus estudos. Agora nós temos! Eu agradeço ao governador Flávio Dino, que não mediu esforço para construir uma escola digna e colocar água em nossas casas. Muito obrigado”, disse o lavrador José de Ribamar Veloso, cheio de gratidão. Gratidão também foi o sentimento presente no povoado Santo Antônio, onde o novo prédio da Escola Municipal Professor Raimundo Cardoso está levando dignidade e esperança para crianças e adolescentes que antes estudavam em condições precárias. A nova escola tem duas salas de aulas, secretaria, cantina, banheiros entre outros espaços, e abrirá suas portas para receber aproximadamente 120 estudantes matriculados na unidade. “A escola antiga quando chovia tinha muitas goteiras, as mesas eram sujas, a gente sentava e sujava. O quadro borrava e eu me confundia todo com as palavras. Agora eu já estou esperando a segunda-feira para estudar na escola nova, que está bonita, tem tudo”, declarou Fabrício Silva, de 13 anos, aluno da escola. “Não tinha muita estrutura. Agora a nossa expectativa é imensa, porque nós estamos na escola confortável. Me dá muito orgulho ensinar aqui, inclusive os meus filhos que estudam aqui”, disse Jovicleia Ribeiro Farias, gestora da escola Professor Raimundo Cardoso. As construções e reformas entregues nesta quinta-feira (12) em Turiaçu receberam investimentos de R$ 2.836.179,38.

Fonte: Seduc Texto: Regina Sousa Foto: Antônio Martins 12/04/2018

Governo entrega escolas e Farol do Saber revitalizados em Pirapemas

09411_whatsapp_image_2018_04_02_at_11.05.52_7780404179575139142

Fachada do C.E. Pirapemas, com reforma entregue nesta segunda-feira

O Governo do Maranhão entregou nesta segunda-feira (2), à população de Pirapemas, duas escolas e um Farol do Saber revitalizados, somando, ao todo, R$ 742 mil em investimentos na melhoria dos três importantes equipamentos da educação.

Foram revitalizados os Centro de Ensino Ribamar Pinheiro, no bairro Nova Pirapemas, e o Centro de Ensino Pirapemas, no bairro Centrinho. As duas escolas receberam investimentos na ordem de aproximadamente R$ 610 mil, que já estão beneficiando mais de 670 estudantes da Rede Estadual de Ensino, com uma estrutura mais digna e acolhedora.

As obras executadas pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), com recursos do Tesouro Estadual, garantiram serviços de recuperação do reboco, pintura em geral, troca do telhado, instalação de forro, substituição de piso, de revestimento, das instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias, incluindo a colocação de louças novas, entre outros.

Ainda como parte da reforma, será instalada uma subestação de energia em cada centro para garantir a climatização das unidades escolares. Além da reforma, as escolas receberam carteiras novas, geladeiras e bebedouros.

C.E. Ribamar Pinheiro, escola reformada em Pirapemas

O Centro de Ensino Ribamar Pinheiro, construído em 1951, é a escola mais antiga da cidade de Pirapemas. Havia passado por uma reforma em 1997. De lá para cá, foram apenas pequenos reparos com recursos do caixa escolar. Agora, a escola passou por uma importante obra de revitalização.

“Esta escola que tanto amamos estava muito ruim. Agora nós temos uma escola mais confortável, que atende às necessidades dos alunos, dos professores e toda a comunidade escolar. Lutamos muito por essa reforma, e finalmente ela aconteceu”, disse a professora Kátia Cilene Katia Mendes Correia, gestora geral da escola.

A gestora destacou ainda que a relação do C.E. com a comunidade de Pirapemas é de pertencimento. “Por aqui passaram quase todos, se não todos os pirapemenses, que hoje são professores, médicos, advogados, engenheiros, e tantos outros profissionais que conseguiram destaque na vida. Eu mesma fui aluna desta escola. Fui para São Luís fazer faculdade de Letras, voltei, fiz o concurso do Estado para professora, e, hoje, sou gestora geral. A minha história com essa escola é uma história de vida”, pontuou Katia Cilene.

Não menos importante, o C.E. Pirapemas, foi construído em 1984. A última reforma foi realizada em 2007, no governo de Jackson Lago. A reforma deixou a comunidade escolar bem mais motivada.

“Depois de quase 10 anos a escola já carecia de vários reparos. Esta reforma, com certeza deixa a comunidade escolar muito feliz. Veio em uma boa hora, para dar um melhor conforto para os nossos educandos. A gente sabe que a infraestrutura de uma escola mexe muito com a autoestima dos alunos. E o que eu vejo são alunos mais animados e motivados”, destacou Carlos César Sousa de Lima, gestor geral.

“A escola ficou muito boa. Agora a gente tem que ficar falando com os alunos: ‘pequenos’ não pode riscar, isso aqui é de vocês, cuide direito pra não ficar velha feia”, disse dona Elza de Menezes, mãe de aluna e voluntária na escola, desde 1994. A filha de dona Elza, Keliane Menezes de Carvalho, que estuda o 1º ano do Ensino Médio, também aprovou a reforma.

“A reforma foi muito boa. A gente fica mais motivada ‘pra’ estudar, fica mais feliz”, disse Keliane Menezes de Carvalho, aluna do primeiro ano. “A escola ‘tava’ muito ruim, deteriorada. Mas, com a reforma está muito melhor. E a gente acaba se sentindo mais confortável e motivado a estudar. A gente só tem a agradecer ao governador Flávio Dino e ao Secretário Felipe Camarão pela reforma da nossa escola”, disse Júlio César Aguiar de Lima, estudante do C.E. Pirapemas.

Inauguração da tradicional escola C.E. Ribamar Pinheiro

Em seu discurso, o secretário Felipe Camarão, que estava acompanhado do prefeito de Pirapemas, Iomar Salvador; do deputado estadual, Carlinhos Florêncio, entre outras autoridades políticas da região, destacou o trabalho que o governador Flávio Dino vem desenvolvendo para a reestruturação da educação.

“O governador Flávio Dino entrega, toda semana, escolas reformadas, construídas ou revitalizadas. Nesta segunda-feira, foram três escolas (sendo uma em tempo integral – IEMA de Brejo) e mais um Farol do Saber. Já são mais de 700 obras na educação em todas as regiões maranhenses, resultado do programa Escola Digna, que já se consolidou como o maior programa de investimentos educacionais da história do Maranhão”, destacou o secretário.

“Agradecemos ao Governo do Estado pela parceria aqui em Pirapemas. Nós aqui temos feito muito pela educação do nosso município. E ficamos muito felizes em ver que o governador Flávio Dino está fazendo o mesmo pela educação do nosso estado”, enfatizou o prefeito Iomar Salvador.

O deputado estadual, Carlinhos Florêncio, também ressaltou os investimentos do Governo em educação. “É um Governo que tem feito muito pelo povo do Maranhão, em todas as áreas, mas, sobretudo, na educação, com investimentos em todas as regiões”, disse.

Farol do Saber

Farol do Saber Cícero Alves, reforma e entregue à comunidade de Pirapemas

Na área da cultura, o governo entregou totalmente revitalizado o Farol do Saber Cícero Alves, também, no bairro Centrinho. O prédio estava com a estrutura comprometida, devido há muito tempo não passar por reformas.

A obra recebeu investimento na ordem de R$ 133.125,39 para serviços de troca de piso, do forro PVC, de instalações elétricas e hidráulicas, pintura geral, dentre outros reparos. A ação, que integra o programa de revitalização de todos os 118 faróis maranhenses, garantiu a requalificação do espaço de leitura e pesquisa, que agora está pronto para receber estudantes e a comunidade inteira que esteja em busca de conhecimento.

Mais Asfalto

Na ocasião, o Secretário Felipe Camarão também anunciou investimento da ordem de R$ 1 milhão no município, pelo Programa Mais Asfalto, para melhoria e asfaltamento de 4 quilômetros de ruas e avenidas de Pirapemas.

Mais fotos:

Fonte: Seduc Fotos: Lauro Vasconcelos 02/04/18

Governo vistoria escolas de Araioses e dialoga com comunidade do município

Secretário Felipe Camarão esteve nesta sexta-feira no município de Araioses

Secretário Felipe Camarão esteve nesta sexta-feira no município de Araioses

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, e o adjunto de Suporte ao Sistema Educacional da Seduc, Anderson Lindoso, estiveram, nesta sexta-feira (9), em Araioses para visitar as escolas da rede pública estadual na sede do município e dialogar com a comunidade escolar sobre transporte escolar e outras demandas da educação.

Situado na região do Baixo Parnaíba, o município possui muitas rotas com estradas vicinais e de difícil acesso que dificultam a execução do transporte escolar. O secretário Felipe Camarão destaca que a reunião foi oportuna para conhecer melhor a realidade enfrentada por estudantes e encontrar soluções viáveis para garantir mais agilidade e segurança no caminho da escola aos estudantes que moram nas mais diversas comunidades de Araioses.

Felipe Camarão em diálogo com comunidade escolar no município de Araioses

“Por determinação do governador Flávio Dino viemos aqui para conhecer de perto a realidade e dialogar com a comunidade, para juntos encontrarmos soluções. Algumas demandas já conseguimos resolver e demos os devidos encaminhamentos para a resolução de outras que requerem um pouco mais de tempo”, disse Felipe Camarão.

Sobre a oferta de transporte escolar no município, o secretário destacou que a Seduc fará um estudo mais aprofundado, para encontrar uma forma de adequar o valor que é repassado pelo Programa Estadual de Apoio ao Transporte Escolar no Maranhão (Peate/MA) àqueles municípios que possuem uma geografia com rotas de difícil acesso ou mais longas, como é o caso de Araioses.

“Saímos daqui sensíveis a essa necessidade e, por meio de parceria entre governo estadual e municipal, vamos encontrar uma solução viável, que atenda essas especificidades. Agradeço o secretário adjunto de articulação política, Ednaldo Neves, e a ex-prefeita Luciana Trinta por serem atuantes nessa questão e estarem sempre nos levando as demandas da comunidade de Araioses”, ressaltou o secretário.

Felipe Camarão visitou escolas da rede pública estadual

Fonte: Seduc Fotos: Lauro Vasconcelos 09/03/2018

Contatos

contatos

Fones: (98) 3221-8537 | (98) 3221-8536
Email: gabinete@educacao.ma.gov.br
ascom@educacao.ma.gov.br

Ouvidoria
Fone: 0800 280 43 43

Localização

localização

Click to open larger map

Rua Conde D'Eu, n° 140, Monte Castelo, São Luis/MA - CEP 65030-330 São Luís/MA